O CEO da Apple, Tim Cook, mostra o novo iPhone 14 durante um evento da Apple em sua sede em Cupertino, Califórnia, EUA, em 7 de setembro de 2022.  REUTERS/Carlos Barria